Vigilância Ambiental de Varginha realiza primeiro LIRAa de 2020

Vigilância Ambiental de Varginha realiza primeiro LIRAa de 2020

10 de janeiro de 2020 0 Por Redação JVH

Município é classificado como médio risco  de infestação

Realizado nos dias 06, 07 e 08  de janeiro, o 1º (primeiro) LIRAa – Levantamento de Índice Rápido de Aedes Aegypti do ano de 2020, classificou o município de Varginha como MÉDIO RISCO de infestação do mosquito Aédes Aegypti

Realizado em todo território nacional, em cidades com índice de infestação com mais de 2  mil imóveis, o Liraa consiste na visitação de quarteirões sorteados pelo programa do Ministério da Saúde.

Nos imóveis visitados pelo Agente de Combate às Endemias, além do tratamento e eliminação dos focos, são recolhidos exemplares das larvas encontradas, que segue junto a formulário próprio contendo endereço, tipo de depósito e quantidade de larvas sendo encaminhadas ao laboratório do setor onde se faz a contagem e a identificação das mesmas.

Em Varginha no total geral foram encontrados 119 focos do Aedes Aegypti, contra 30  focos encontrados no levantamento realizado anteriormente no mês de outubro de 2019. Os bairros com maior número de depósitos com focos foram o Jardim Sion,  Cruzeiro do Sul, Mont Serrat, Parque Rinaldi e Parque Boa Vista. Os recipientes mais comuns com focos foram baldes (captação de água de chuva), ralinhos e pneus.

“É importante destacar que o Setor de Vigilância Ambiental, em conjunto com outras Secretarias do Município, vem realizando diversas ações tais como Mutirão de Limpeza, colocação de tampas em caixas d’agua de residências abandonadas ou de pessoas carentes, intensificando vistorias nos bairros com maior número de focos encontrados no LIRAa entre outros”, explicou José Donizete de Souza, encarregado do Setor de Vigilância Ambiental